Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

Quando desconhecidos te despertam a vontade de ler certo livro

A Feira do Livro abriu-me horizontes literários. De entre os milhares de livros das editoras onde estava a trabalhar, muitos já conhecia, alguns já tinha na minha wishlist, mas não posso negar que trabalhar ali me deu a conhecer muito mais autores e títulos. Entre capas lindas, que me despertavam curiosidade, e sinopses intrigantes que me faziam querer sentar logo ali e ler o primeiro capítulo, foram vários os livros que me ficaram debaixo de olho. 

 

Mas isso também aconteceu com dicas de pessoas desconhecidas. Enquanto estava ali a trabalhar, iam aparecendo clientes, pessoas de todas as idades, formas e feitios que me perguntavam se tinha ali tal livro. Invariavelmente, aconteceu ficar na conversa com os clientes sobre um livro específico ou um autor. Pediam-me sugestões e eu acabava por recebê-las também, de bom grado, numa troca literária muito interessante que me encheu a lista de livros "para ler". Pessoas que falavam de tal livro ou tal autor com uma paixão e admiração tão grandes, que era impossível não ser influenciada por esse amor literário. Ou então, por outro lado, livros que eram tão procurados - ao nível de apanhar todos os dias pessoas à procura desses títulos - que foi impossível não querer lê-los também para perceber a loucura à sua volta (tirando a Bíblia, vá). Foram vários os títulos que me ficaram na cabeça e são, certamente, obras que quero ler. 

 

livros1.jpg

livros2.jpg

livros3.jpg

livros4.jpg

livros5.jpg

 

Partilho estes quinze, mas podia pôr aqui muitos mais. Já leram algum? Dêem-me as vossas opiniões, quais os que valem mesmo a pena. 

 

Pensamentos sobre o 1º episódio de Game of Thrones (season 7)

Spoiler Alert,

se ainda não viram o episódio fechem esta página e voltem mais tarde! 

 

- Que saudades de Westeros! 

- Granda Aria, mega boss, girl power máximo!!! 

- Sim, já sabíamos que era ela "dentro" do Walder Frey, mas ainda assim foi uma cena brutal!

- "The North remembers" - ARREPIOS (beijinho grande, queridos Ned e Robb) 

- A Sansa continua irritante. Ainda vai fazer merda. 

- Jon Snow firme no discurso, valores e decisões. Like!

- Esta pita "tem-nos" no sítio (Lyanna Mormont)

- Sam: que trabalho de merda. Coitado. Nojo. 

- Claro que ninguém vai reparar que roubaste as chaves. 

- Claro que os livros que vais levar ao calhas vão ser os que têm a informação que precisas. 

- Claro que mal abres o primeiro livro descobre logo um facto mega importante (e claro que essa informação não vai chegar ao Jon Snow). 

- A troca de olhares do Tormund com a Brienne... POR FAVOR CASEM E TENHAM BEBÉS!

- Ah ya, o Bran ainda existe... 

- A sério que puseram aqui o Ed Sheeran? Retiraram completamente a "magia" da série ser um mundo à parte. A cena não teve qualquer tipo de sentido nem peso para a continuação da história. Achei a pior parte do episódio, completamente desnecessário e um pouco patético até. 

- Então a Cersei que vivia para os filhos, eram o amor da vida dela, as únicas pessoas que amava no mundo...agora que morreram é "pronto, estão todos mortos, whatever, siga pra bingo" ?!?!?!?!

- Jaime Lannister podia vir jantar cá a casa!

- Dizem que Euron Greyjoy vai ser o grande vilão desta temporada. Até agora só o acho arrogante e com sentido de humor apurado. 

- Cadê Theon e a irmã? 

- Ahhh é aqui que está Sor Jorah Mormont. Nada bom aspecto aquele bracinho. 

- Toda a cena do Clegane a olhar para o fogo... Ok, tá bem, tem algum significado, mas não achei nada de especial. A cena dele a enterrar os corpos também era dispensável e aquele discurso mega cliché... (revirada de olhos). 

- A Daenerys e companhia a chegar a Dragonstone num mood muito épico ao estilo "descobertas do séc XV". Há todo um momento de "respira fundo que finalmente chegaste ao primeiro passo da nova vida.

- Uiii que canseira aquela escadaria toda. 

- O trono, não de ferro como o outro, mas de vidro de dragão. Like!

- O Tyrion muito apagadinho neste episódio... 

 

E pronto. O Inverno finalmente chegou e eu, pessoa de Verão, tremo só de ver aquelas paisagens geladas. Este episódio foi importante para fazer um ponto de situação de todas as personagens. Mas são só sete episódios porquê? Mais de um ano à espera para depois só a termos durante um mês e meio... Tenho pena que personagens como a Margaery, por exemplo, tenham ido desta para melhor. Vamos aguentar o coração, rezar para que nenhum Stark morra esta temporada e tentar perceber porque é que o cartaz da série traz o Jon com olhos de white walker... NÃO ME ENERVEM!

FullSizeRender (33).jpg

 

Podem ainda ver aqui 8 curiosidades sobre este episódio, importantes para a história, que vos podem ter passado despercebidas. 

Não sei se sabem...

...mas o blog tem uma página de Facebook. Que originalidade. Caso não venham tanto ao Sapo Blogs podem seguir a coisa por lá e ter acesso sempre que partilho um post novo e outras cositas más.  

 

FACEBOOK SAY HELLO TO MY BOOKS 

 

E diz que também há um Instagram, que vou atualizando sempre que há algo de útil para atualizar. Há fotografias - e vídeos de vez em quando. Também digo para lá umas coisas nos stories quando não tenho mais nada para fazer. 

 

INSTAGRAM SAY HELLO TO MY BOOKS

 

É conselho de amiga. Sigam o blog nas redes e vamos conversar sobre livros. 

"Where'd You Go, Bernadette?" vai mesmo virar filme

Quando li "Até ao Fim do Mundo" (título em português) há dois ou três anos, já se falava na possibilidade de se tornar filme. E, a verdade, é que a forma original como está escrito (com troca de notas, emails, recados) não nos retira a capacidade de visualizar aquelas cenas como se de um filme se tratasse. A própria autora, Maria Semple, escreve argumentos para séries de televisão, portanto tem todo um know-how em tornar a escrita interessante neste sentido. O livro, lançado em 2012, tem uma das capas mais giras que vivem na minha estante. Passada em Seattle, é uma história divertida, que nos faz passar um bom bocado, apesar de ter achado o final pouco credível.

 

Na altura, já se falava que podia ir para o cinema e cheguei a ler várias notícias sobre as possíveis atrizes que fariam o papel de Bernadette Fox, arquiteta e mãe, meia louca, que tem fobia a pessoas, no geral, e a gente estúpida em particular. Mulheres com personalidade forte e um bocadinho apanhadas da cabeça são as minhas personagens preferidas, sempre. Enfim, nunca mais li notícias sobre o filme e calculei que o assunto tivesse ficado em águas de bacalhau. Mas esta semana, a atriz Troian Bellisario, que sigo no Instagram (a Spencer de Pretty Little Liars), partilhou uma fotografia onde mostra que faz parte do projeto e que está, finalmente, a andar para a frente.

 

troian.jpg

 

Realizado por Richard Linklater, o filme conta com nomes de peso no elenco. Ao que parece será Cate Blanchett a assumir o papel de Bernardette Fox e, confesso, que gosto muito da escolha. Acho que vai encarnar a personagem na perfeição. Mas só vamos conseguir ver o resultado no ano que vem, já que está previsto estrear só em Maio de 2018

 

cate-blanchett-richard-linklater-whered-you-go-ber