Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

30
Nov17

Até meio de Dezembro

Quando estiverem a ler isto, provavelmente já estarei a sobrevoar o Atlântico, para aproveitar dez dias de férias no calor! Vou fugir do frio, mas volto para o nosso Natal português à lareira - que não imagino de outra forma. 

 

Tenho tantas opiniões e posts em atraso aqui no blog, que me dá assim uma angustiazinha manhosa. Em Dezembro vou ter que compensar. Novembro foi um mês cheio, muito mais do que o planeado. Muito trabalho, consultas, exames médicos, problemas com o carro, oficinas, problemas com a máquina fotográfica, arranjos, aniversários, duzentas marcações, combinações, obrigações e, para finalizar, apanhei uma mega gripe a quatro dias de viajar. A sacana mandou-me para a cama e deixou pendentes mil coisas que tinha que tratar antes da viagem. Conclusão, a véspera foi um caos. Viajo com o ritmo a mil, mas chegando lá, espero desligar o botão. 

 

Vou para as Caraíbas. Não será a primeira vez. Em 2012 estive uma semana em Punta Cana, na República Dominicana e foi inesquecível. Tanto que vou voltar, mas desta vez para outra ilha. Não digo já qual é, para não agoirar, mas vou tentar pôr algumas fotografias no Instagram, se conseguir. Internet é coisinha quase inexistente por aquelas bandas. E ainda bem. Vou desconectar-me, no sentido mais humano da palavra. Vou conhecer um país novo, daqueles que quero visitar desde que me lembro de ser gente. E isso merece atenção, dedicação e entrega total. Não podia estar mais entusiasmada. A primeira parte da viagem é em modo cidade, a segunda parte é em modo praia. Calor, água quente, mojitos, diversão e descanso - mais para a cabeça do que para o corpo. Levo apenas dois livros Sei que no avião não me consigo concentrar a ler durante grandes períodos de tempo. Já me conheço. E, estando lá, acredito que só vá conseguir ler quando estiver na zona de praia. Por isso levo apenas dois. E um guia do país que planeio reler na viagem de ida. 

 

Não gosto de andar de avião. Já viajei bastante e esta angústia só piora com os anos. É um mal necessário para viajar, bem sei, mas fico nervosa e tensa até chegar ao destino. Desta vez são quase 10h de viagem e programei mil coisas para fazer durante o voo (não, não consigo dormir). Ler, jogar, ver filmes, escrever, fazer os roteiros dos passeios, pôr a conversa em dia, comer doces e, quem sabe, beber um copinho de vinho porque o momento pede. 

 

planeflying.jpg

 

2 comentários

Comentar post