Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

Clube dos Clássicos Vivos | Setembro 2017

Ontem aconteceu mais um encontro do Clube dos Clássivos Vivos, o terceiro feito ao vivo e a cores e o segundo onde estive. Para quem não conhece, é um clube de leitura criado pela Cláudia, do blog e canal A Mulher que Ama Livros, no Goodreads. É aberta uma votação entre vários clássicos, o escolhido tem um prazo de dois meses para ser lido e entretanto vai-se discutindo o que se achou do livro. Eu só comecei a participar no Clube este ano e, felizmente, começou a ser presencial. O primeiro encontro aconteceu em Óbidos, em Abril (não consegui ir...snif snif), para falar de Paris é uma Festa do Hemingway; o segundo foi em Junho, na Feira do Livro de Lisboa, sobre Boneca de Luxo do Capote e agora, em Setembro, o terceiro encontro aconteceu ontem, na Fábrica das Palavras, em Vila Franca de Xira, onde falámos de O Vermelho e o Negro, de Stendhal. 

 

Comentámos que este foi um clássico um bocadinho "desprezado" ou deixado a meio pela maioria. Tenho pena, mas compreendo... Eu não votei neste e quando vi que ganhou pensei "que seca...deve ser chato e pesado". Não podia estar mais enganada e ainda bem que foi escolhido e pude conhecer a grande jornada de Julien Sorel, protagonista incrível que Stendhal criou. É daqueles livros que se não fosse pelo Clube, provavelmente não tinha lido já. 

 

A distância física também não é desculpa. Moro em Oeiras e fui até Vila Franca, mudar de ares e conhecer um sítio bonito. Saiam da vossa zona conforto, seja em relação a livros, sítios e pessoas. Bom, demos uma volta pela Biblioteca, que tem o brilhante nome de Fábrica das Palavras, e depois sentámo-nos na esplanada, ao lado do rio, a conversar sobre este clássico, as nossas impressões, o que gostámos muito ou nem tanto, as nossas interpretações sobre o título, os factos da vida do próprio autor e tanto mais. É tão bom poder trocar opiniões com quem lê o mesmo que nós.

 

FullSizeRender (37).jpg

 

Todas sofremos um bocadinho do mesmo: não ter um número grande de amigos à nossa volta que goste muito de ler. Todas nós sentimos falta, em algum momento da nossa vida, de ter com quem falar de livros e partilhar o que lemos e, por isso mesmo, todas nós criámos blogs, canais e entrámos em clubes literários para ocupar esse espaço em branco. Portanto, a ideia principal que sai deste post, e deste encontro no geral, é que OS LIVROS UNEM PESSOAS. Foi esta frase que dissémos a uma senhora que nos abordou a meio do encontro. Estava sentada numa mesa ao nosso lado e decidiu interromper a nossa conversa para dizer o quão emocionada estava por nos ver ali, sentadas e felizes, a discutir uma obra clássica. Apresentou-se, disse que era Professora de Português e que trabalha com o Ministério da Educação num projecto para divulgar a língua portuguesa em vários países. Emocionou-se mesmo, quis saber mais sobre nós e foi com muita sinceridade e sensibilidade que elogiou a nossa iniciativa, o nosso amor aos livros e ainda pediu para nos tirar uma fotografia para partilhar no seu Facebook como um bom exemplo a seguir. 

 

Depois de dissecarmos O Vermelho e o Negro, fomos à procura de um sítio para almoçar e, quando nos sentámos, as horas passaram a voar. A conversa fluiu por muitos assuntos, tendo sempre os livros como protagonistas, mas também muita conversa boa sobre muitos outros temas. Que inspiração é estar com pessoas assim. 

 

O clássico de Setembro e Outubro é Dom Casmurro do Machado de Assis. O encontro será no início de Novembro, num local a ser decidido. E podem também fazer parte do Clube aqui e seguir o blog.

 

Post da Cláudia aqui. Post da Carolina aqui

 

FullSizeRender (36).jpg

7 comentários

Comentar post