Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

23
Fev17

FILMES | La La Land

LA-LA-LAND.jpg

 

Vamos finalmente falar de La La Land. Foi dos poucos, da lista de nomeados para os Óscares, que vi no cinema. Fiz questão. Achei que merecia um ecrã grande e um som poderoso. Devo dizer, primeiro que tudo, que foi uma lufada de ar fresco nos dramalhões que a Academia escolheu este ano. É um filme alegre, divertido, para cima, com cor, com música, com ritmo, sorrisos, amor e humor. Adoro que tenha trazido a magia e importância do jazz à superfície, tantas vezes considerado "música de elevador", como bem dizem no filme. Gosto do ataque ao glamour que é tentar ser actriz em L.A. hoje em dia, ainda que muito romantizado. E, sobretudo, gosto do final. Realista, bonito, tocante na mesma.

 

Há muito que gosto da Emma Stone e desde o "The Notebook" que tenho um crush gigante pelo Ryan Gosling. Acho que fazem um par cheio de química e isso dá mais força à experiência que é ver este filme. Ficamos colados à relação dos dois desde o início. Gostei especialmente daquela cena em que ela o reencontra numa festa, onde ele faz parte da banda que está a tocar êxitos dos anos 80.

 

09LALALANDJP2-master675.jpg

 

Adoro o guarda-roupa, queria todos os vestidos da Emma. Adoro a Fotografia, tem imagens lindas e completamente mágicas. Adoro as referências e todas as cenas que são uma verdadeira homenagem aos musicais antigos. Adoro a inocência e o romantismo do início da relação deles. E gosto da banda sonora, mas tinha ouvido tantos elogios, que ia com uma expectativa que, não saindo defraudada, também não achei a última coca-cola do deserto (vocês ententem!). Tem músicas bem giras, mas não vim para casa pôr-me a ouvir aquilo antes de dormir. Ah, o John Legend está muito bem no papel de Keith. Surpreendeu-me. 

 

Se ganhará o Óscar de Melhor Filme? Não sabemos. Mas podemos dizer que o pessoal ficou todo um bocado histérico demais com isto. "La La Land não é um filme mau. É apenas razoável, se bem que tecnicamente impressionante e na verdade mais cheio de ecos do passado que com vontade em levar o cinema musical a novos destinos" - não podia concordar mais (lido aqui). É um filme bom, é um filme que quero rever, sem dúvida, mas não sei se, caso não tivesse sido nomeado, não teria passado despercebido a muita gente que não lhe daria o mínimo crédito só porque é musical. Dou-lhe 8/10.

 

Outros nomeados para Melhor Filme:

Manchester by the Sea

Hidden Figures

Fences

Moonlight

Hell or High Water

Hacksaw Ridge

Arrival

4 comentários

Comentar post