Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

Março Feminino | O que quero ler e ver

Falta pouco mais de uma semana para começar Março que nos vai trazer a Primavera, o horário de Verão e, em termos pessoais, uma afilhada que estou mortinha por conhecer. Os dias já estão mais bonitos, mais quentes e mais longos e vão ficar melhores ainda quando começar este projecto. Apresentei o Março Feminino aqui e já várias pessoas me disseram que vão participar nem que seja só com um livro e um filme. Fico mesmo feliz. 

 

Hoje mostro-vos os livros que quero ler e os filmes que estou a planear ver durante o mês. Claro que pode haver sempre pequenas mudanças, como agarrar em mais alguma história ou descobrir mais um filme que vale a pena. Este é apenas o plano inicial.

 

LIVROS

livros-março.jpg

 

Tirando J. K Rowling, nunca li nenhuma das outras autoras que escolhi para este desafio. Vão ser novidades, espero que me tragam boas surpresas. Tentei ter um bocadinho de tudo, Fantasia, Ficção Histórica, Romance e Crime. Durante o mês vou partilhar  também sugestões de outros livros escritos por mulheres que já li, que adorei e que acho que valem muito a pena qualquer pessoa ler.

 

O Reino do Dragão de Ouro - Isabel Allende

É dos livros que tenho há mais tempo na minha estante sem ser lido. Há muito que quero ler Isabel Allende. É também o livro do mês para a Volta ao Mundo em Literatura, desta vez com paragem no Chile.

 

A Sociedade Literária da Tarte de Casca de Batata - Mary Anne Shaffer / Annie Burrows

Adoro este título. Comprei-o há uns meses numa promoção online e tenho andado desejosa de o ler. É agora. 

 

Os Pássaros de Seda - Rosa Lobato de Faria

Não podia faltar uma autora portuguesa neste desafio. Nunca li nada da Rosa Lobato de Faria, mas sei que tem vários livros bons. Vamos lá ver o que sai daqui. Nem a sinopse li. "Surripiei-o" de casa dos meus pais.  

 

Harry Potter e o Cálice de Fogo - J. K. Rowling

O livro de Março do desafio Harry Potter em 2017 é este. Ainda bem que são escritos por uma mulher. 

 

O talentoso Mr. Ripley - Patricia Highsmith

Dizem que Patricia Highsmith era insuportável como pessoa. Como escritora, era excelente e tinha uma mente um bocadinho perversa. Comecei a lê-lo em Novembro, mas na altura não terminei (na verdade foi porque entretanto comecei também o Ensaio sobre a Cegueira do Saramago que me absorveu completamente e quando terminei não me apeteceu voltar à leitura anterior). Faltam-me uns dois terços. 

 

 

FILMES

filmes-março-8.jpg

 

Quanto ao cinema, tentei também escolher um bocadinho de tudo. Dramas, comédias românticas, histórias verídicas ou pura ficção. A maior parte destes filmes tem protagonistas femininas fortes, e abordam problemas femininos, o que é ser mulher, as difidulcades, a luta pela igualdade, e o poder que podemos ter. Caso veja mais filmes do que estes, vou partilhando e comentando.

 

Frida (2002) - Julie Taymor 

Há tanto tempo que quero ver este. Descobri que foi realizado por uma mulher e estou muito curiosa para descobrir se se sente uma sensibilidade diferente. 

 

A Dama de Ferro (2011) - Phyllida Lloyd

Tem a Meryl Streep maravilhosa, que ganhou Óscar de Melhor Actriz com este papel. Conta a biografia romanceada de Margaret Thatcher, primeira-ministra britânica nos anos 80.

 

As Sufragistas (2015) - Sarah Gavron

Narra a história de mulheres activistas nos primórdios do movimento feminista, que lutam pelo direito de voto e igualdade de género. Acredito que seja um filme inspirador. Tem a Meryl Streep também.

 

Mustang (2015) - Deniz Gamze Ergüven

Esteve nomeado para Óscar de Melhor Filme Estrangeiro o ano passado. Cinco irmãs vivem numa pequena aldeia da Turquia com a avó e o tio. Depois de apanhadas a brincar na praia com alguns rapazes, as más interpretações feitas por familiares levam a que sejam fechadas em casa, proibindo qualquer contacto com o exterior. É inevitável não pensar no filme "As virgens suicidas". Vamos ver o que acontece.

 

By the Sea (2015) - Angelina Jolie 

Um dos filmes que tem Angelina Jolie enquanto realizadora e, se não me engano, o último em que trabalhou com Brad Pitt. A crítica não é muito favorável.

 

Mother's Day (2016) - Penny Marshall 

Tinha que encaixar uma comédia romântica fofinha aqui no meio. Ainda por cima tem três actrizes de quem gosto bastante, a minha querida Julia Roberts, a minha eterna "friend" Jennifer Aniston e a Kate Hudson que é um dos meus crushes femininos. 

 

28 Days (2000) - Betty Thomas 

Tem a Sandra Bullock como protagonista. Não que seja grande fã dela, mas é a história de uma mulher com problemas de álcool, que é internada numa clínica de reabilitação. Não sei muito mais. 

 

Big (1988) - Penny Marshall

Este filme faz parte dos 12 Filmes para 2017. É o único dessa lista de que já vi partes, mas nunca vi inteiro. E o único aqui que tem um protagonista homem. 

 

 

E vocês o que vão andar a ler e a ver neste projecto? Não se esqueçam de ir partilhando as leituras e os filmes com #marçofeminino. E, caso tenham blog, deixem aqui os links para eu ir acompanhando os vossos posts (quem ainda não sigo).

 

Algumas meninas já fizeram post sobre o desafio como a Raquel, do blog So Happy With Books e a Tânia do Baú da Tanocas. E outras miúdas dos livros também já me disseram que vão participar nem que seja só com um livro. Bora lá! 

12 comentários

Comentar post