Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

07
Set16

O que li nas férias

Contei-vos aqui o que pretendia ler nas férias, já sabendo à partida que provavelmente não ia conseguir ler tudo e não consegui. Maaaaas tudo o que li valeu a pena, foram histórias e personagens que me fizeram imensa companhia. Daquele tipo de parar o livro para falar dele com quem está à nossa volta. 

 

IMG_3294.JPG

 

Então, li "Azeitona", do Bruno Miranda, em ebook, logo para começar. Apeteceu-me pegar nele depois de ter visto que a Joca gostou. Confirmei o que já sabia, não sou fã de ebooks, mas não me atrapalhou a leitura. Já publiquei opinião sobre o livro, gostei, dei-lhe 3.5 estrelas e não me arrependo nada de ter dado uma oportunidade a um livro de youtuber, ainda que seja um YA.

 

Depois peguei no brilhante "Capitães da Areia", do Jorge Amado. Maravilhoso. 5 estrelas. Tanta companhia que o Pedro Bala e os seus amigos do trapiche me fizeram na praia. Tomava banhos no mar algarvio a pensar nas praias e nas ruas da Bahia.

 

A seguir, finalmente, dei oportunidade à Elena Ferrante de me mostrar a loucura toda em que está envolvida no mundo literário. "A amiga genial" também foi uma leitura muito boa, muita praia e piscina fiz eu com a Lila e a Lenú. Ainda agora penso nelas. Quero ver se escrevo a opinião depressa, tenho muito para dizer sobre este livro. 

 

Uma entrada que não estava programada na TBR de verão foi a Lena Dunham e o seu "Não sou esse tipo de miúda". Uma amiga emprestou-me o livro e acabou por passar à frente de outros que tinha escolhido levar. Apeteceu-me. 

 

Pelo meio destes fui lendo uns contos do "Contos do Nascer da Terra" do Mia Couto. Li uns dez durante as férias. Vai continuar a ser lido aos poucos. 

 

Já no final das férias, no primeiro dia de Setembro, voltei ao Eça com o seu "A Cidade e as Serras". Li menos de metade e desde o fim de semana que não consegui ler praticamente nada, mas vai ser terminado agora em Setembro. 

 

O Pepetela, o Ken Follet e o Gregorio Duvivier foram só passear ao sul, mas vão ficar aqui pacientemente à espera da sua vez.

 

8 comentários

Comentar post