Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

2017 Reading Challenge + Conclusão Desafio 2016

No início do ano passado partilhei o meu 2016 Reading Challenge, com várias categorias em que tinha que encaixar livros que se adequassem. Gosto deste tipo de desafios porque me faz procurar géneros diferentes, temas variados, autores assim e assado. Já tinha feito um desafio destes em 2015. Voltei a fazer em 2016. E 2017 não vai ser excepção, porque uma pessoa gosta de começar o ano a desafiar-se a si própria. Nem sempre os desafios correm bem ao longo do ano, mas os começos são assim...cheios de esperança e força de vontade. 

 

À semelhança do 2016 Reading Challenge, criei um conjunto de 14 categorias, que acho desafiantes. Três das categorias são repetidas (as que não consegui fazer "check" em 2016), todas as outras são novas. Vamos lá começar 2017 em força!

2017 Reading Challenge.jpg

 

Posto isto, chegou a hora de fazer um balanço do desafio de 2016. Eram 22 categorias, bastante diversificadas, mas só consegui completar 19. Houve três que não consegui completar e são essas que incluí no desafio de 2017, porque este ano vão de certeza!!! Não li nenhum livro com mais de 500 páginas, por estranho que pareça, não li nenhum publicado no ano em que nasci (sei qual vou ler, mas não foi fácil encontrar um de 1987), nem terminei nenhum livro deixado a meio. Mas, por outro lado, devido a este desafio li um livro de que pouco se fala, li um livro num dia só, li o primeiro livro de um autor (nunca tinha pensado em escolher um livro desta forma) e preocupei-me em ler um autor cujo inicial do nome fosse a mesma que a minha. 

2016 Reading Challenge(3).jpg

Vamos lá a saber então que livro li para cada categoria:

 

Um clássico da literatura mundial – Sensibilidade e Bom Senso, Jane Austen

Começar uma nova sérieA Amiga Genial, Elena Ferrante

Um livro de um autor português – Crónica dos Bons Malandros, Mário Zambujal

Um livro de não ficção – Mais Bastidores de Hollywood, Mário Augusto

Um livro baseado numa história verídica – A sangue frio, Truman Capote

Um livro escolhido pela capa - A Christmas Carol, Charles Dickens (porque a edição é linda)

Um livro que se tornou filme – O Diário da Nossa Paixão, Nicholas Sparks

Um policial – A primeira investigação de Poirot, Agatha Christie

Um livro infanto-juvenil – Mary Poppins, P.L. Travers

Um livro de que pouco se falaUma palavra tua, Elvira Lindo

Um livro de um autor que nunca leste – Ensaio sobre a Cegueira, José Saramago

Um livro com um titulo de uma palavra só – Pulp, Charles Bukowski

Um livro que se pode ler em um dia - Mensagem, Fernando Pessoa

Um livro com uma personagem feminina forte – Comer orar, amar, Elizabeth Gilbert

Um livro de contos – Contos do Nascer da Terra, Mia Couto

Um livro de poesia - 20 poemas de amor e uma canção desesperada, Pablo Neruda

O primeiro livro de um autor – No meu peito não cabem pássaros, Nuno Camarneiro

Um best-seller - The Help, Kathryn Stockett

Um livro cujo nome do autor comece pela mesma inicial que o teu - A longa estrada para casa, Saroo Brierley

 

A meio do ano faço um update sobre como está a correr o 2017 Reading Challenge, mas estou confiante que chego ao final com "check" feito em todas as categorias. Há algumas para as quais já sei que livro vou ler, outras não faço ainda a mínima ideia. E seja quais foram os vossos projectos, desafios e metas literárias para 2017, espero que corram bem. Se não têm nenhum, melhor ainda, é só ler por gosto.