Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

Maratona Literária Fusão - Conclusão

Acabou a Maratona. Foram duas semanas a ler bastante. Acho que não teria lido tanto estes quinze dias se não fosse pela Maratona. Portanto, primeiro objetivo cumprido: ler mais que o costume e avançar nas leituras. Ao todo foram cerca de mil páginas lidas. 

 

Os desafios eram cinco. Cinco livros para cinco temas. Comecei por escolher quatro livros apenas, mas a Maratona estava a correr tão bem que acrescentei um quinto para bater tudo certinho. Achava que não ia terminar o último livro a tempo, mas na última noite dei-lhe um gás e consegui chegar ao fim, ou seja, segundo objetivo cumprido: ler cinco livros. 

 

 

IMG_2438.JPG

 

O terceiro objetivo era divertir-me. Ver se era capaz de entrar num desafio destes, fazê-lo até ao fim e gostar. Claro que gosto muito de ler no meu ritmo e há livros que exigem mais atenção, que queremos sabor ear sem estar preocupados com prazos e que não são boas opções nestes casos, como diz a Fátima.

 

Mas gostei de participar mais do que estava à espera e muito se deveu às minhas companheiras de Maratona. A Cláudia e a Daniela que tiveram a ideia, a Raquel e a Carolina que mostraram que o gosto pela leitura se pode passar de mães para filhos e ainda a Dora, a Patricia, a Mariana e a Mafalda. Falámos muito durante estas semanas... Tanto que às vezes nem conseguia acompanhar. Foi muito bom dividir o que estava a ler com elas, trocar impressões e opiniões de livros, conhecer livros novos e partilhar este gosto com pessoas que gostam tanto ou mais de ler que eu. Ficou combinado mais uma Maratona daquia uns tempos. Quem se quiser juntar, será bem-vindo. 

 

Maratona Literária Fusão - Dias 8, 9, 10

Portanto, de segunda-feira até hoje (quarta-feira) não consegui ler tanto quanto gostaria, por falta de tempo. Ainda não estou de férias...e ando a evitar as redes sociais de todos os meus amigos que já estão com o rabinho alapado na praia, no Algarve ou seja lá onde for. Já li um pouco mais de metade d' "A Primeira Investigação de Poirot". Queria terminá-lo amanhã, mas não sei se consigo. Estou a gostar desta leitura, aliás gostei de todas as que fiz até agora na Maratona. Agatha Christie lê-se mesmo muito bem. Tenho as minhas desconfianças sobre o assassino, mas já mudei de ideias umas três vezes. Quem terá envenenado a velha Mrs. Inglethorp?

 

Maratona Literária Fusão - A primeira semana

Os dias 5, 6 e 7 foram dedicados à leitura de "No meu peito não cabem pássaros". Um livro com menos de 200 páginas, mas que exige uma leitura mais vagarosa, sem as correrias de uma maratona literária. Tem uma escrita poética, filosófica, com muitas reflexões à mistura, muitas ideias para absorver. É preciso atenção para compreender tudo o que o autor nos quis passar com este livro. Depois de ler os primeiros capítulos (cada um dedicado a um personagem, são três ao todo) precisei parar e ir pesquisar informação sobre este livro. Ainda bem que o fiz, fez-me entrar melhor na leitura. Falo mais sobre ele num post próprio. 

 

Por agora posso dizer que a primeira semana da Maratona Literária Fusão correu muito bem. Três livros lidos, que fui mostrando no Instagram.

 

IMG_2289.JPG

 

A nova semana começa com uma novidade. No início da Maratona escolhi 4 livros para encaixar nas 5 categorias previamente estabelecidas. Como correu muito bem, vou acrescentar mais um para a categoria de "um autor novo", onde estava o do Camarneiro repetido. Vai ser um infanto-juvenil que quero ler há muito tempo: Mary Poppins, de P.L. Travers. E para a categoria de "um livro escrito por uma mulher" está Agatha Christie com o primeiríssimo livro que publicou: "A primeira investigação de Poirot". Será precisamente esta a quarta leitura da Maratona. Escolhas bem diferentes umas das outras, estou feliz com isso.

 

Vamos a mais uma semana de Maratona! Boas leituras a todos, especialmente às minhas companheiras deste desafio.

 

Maratona Literária Fusão - Dias 3 e 4

Ontem, dia 27, foi o terceiro dia da Maratona e mais um dia produtivo. Li mais cem páginas do Pulp. Normalmente, não consigo ler tantas páginas por dia, mas estou empenhada neste desafio. Durante o dia não li muito, umas vinte páginas talvez, mas à noite compensei. Queria ter terminado o livro, mas não consegui. Há dias em que o verbo dormir ganha aos pontos ao verbo ler. Ficaram a faltar cerca de 30 páginas que li hoje. Terminei o meu segundo livro da Mararona. E o meu primeiro do Bukowski. Se tivesse outro dele em casa acho que era o próximo da lista de leituras. Gostei muito. Falo mais dele num post de opinião sobre o livro. 

 

E como a Maratona não pode parar, peguei no terceiro livro escolhido. "No meu peito não cabem pássaros", do Nuno Camarneiro que entra na categoria "Um livro com menos de 200 páginas". Até agora li umas 15 páginas. Vamos ver se a história é tão bonita como o título. 

 

Todos estes livros entram em categorias do meu 2016 Reading Challenge. Está na hora de fazer um update e pôr check em todas as categorias já preenchidas. 

 

dedicatoria.jpg

 Dedicatória do Bukowski, no Pulp. 

 

Maratona Literária Fusão - Dia 2

Ontem à noite terminei o "Crónica dos Bons Malandros" do Mário Zambujal. Comecei no domingo à meia-noite e ontem antes de dormir terminei-o. Gostei muito. Em breve farei um post sobre ele. Foi bom ter começado com um livro tão divertido, deu-me ânimo para continuar a maratona a todo o gás. 

 

Hoje de manhã comecei o segundo livro. Escolhi o Pulp, do Bukowski. Tinha grandes expectativas e não estão a sair minimamente defraudadas. Tanto que li um pouco menos de metade do livro hoje. Cerca de 100 páginas. Só não li mais por falta de tempo. Ficava irritada cada vez que tinha que parar de ler. É daquelas leituras que nem vemos as páginas passar. Acho que tenho um novo autor no clube dos favoritos. Espero terminar de o ler amanhã. 

 

Vamos no segundo dia da Maratona e estou entusiasmada. A interação com as restantes participantes é motivadora, saber o que cada uma leu e saber que há mais gente envolvida neste desafio estimula a nossa própria leitura. É a minha primeira maratona e sei que só passaram 48 horas mas estou a gostar muito.