Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

10
Jan18

Séries que vi em 2017

Confesso que sou uma papa-séries. Nos últimos anos passei mais tempo a ver séries que filmes, por exemplo. Sempre acompanhei várias ao mesmo tempo e há muitas que já terminaram e têm um lugar especial no meu coração - hei-de fazer um post com as minhas preferidas de sempre.

 

2017 não foi excepção, apesar de não me ter dedicado tanto a séries como em anos anteriores. De qualquer forma, o saldo foi muito positivo. Uma das metas era começar a ver, pelo menos, três séries novas durante o ano. Comecei sete, três ficaram pelo caminho, acompanhei outras onze. Conclusão no fim no post. 

 

series-todas.jpg

 

SÉRIES NOVAS 

The Handmaid's Tale

Sem dúvida que The Handmaid's Tale foi a minha série preferida do ano. Ansiosa pela segunda temporada.

Big Little Lies

Gostei da primeira temporada, mas achei várias cenas muito previsíveis e isso tirou bocado o impacto. 

The Crown

Está muito bem feita, com muita qualidade a nível de conteúdo e de imagem, mas achei maçadora às vezes. Não viciei, nem fiquei louca para ver tudo de uma vez. Não sei se vou ver a segunda temporada. 

Dupla Identidade 

Série brasileira, só com 13 episódios, sobre um serial killer e a detective que o está a tentar apanhar. Está muito bem feita. É de 2014, mas só vi agora. Vale muito a pena.

 

SÉRIES QUE ACOMPANHO HÁ MUITO TEMPO

Game of Thrones

Vi a sétima temporada. Agora só volta em 2019. Dor no coração. 

Grey's Anatomy

Acompanho desde o início e vou acompanhar até terminar. Não consigo não ver, ainda que se tenha tornado uma novela. Longe vão os tempos em que me fazia chorar baba e ranho, não gosto de vários personagens novos, mas vou continuar a ver. Em 2017 vi a segunda metade da 13ª temporada e a primeira metade da 14ª temporada. 

Orange is the new black 

Adoro. Estive quase a desistir no final da terceira temporada, mas ainda bem que não o fiz. A 5ª temporada, este ano, foi muito boa. As personagens têm uma evolução brutal a nível de personalidade, a nível de história e a série acaba por ser muito mais profunda, do que possa parecer à primeira vista, em termos de relações pessoais, de amizade, de resiliência e força.  

How to get away with murder

Vi seis episódios para acabar a terceira temporada. Ao contrário de muita gente, não acho que a série seja confusa, nem me perco na história. Continuo a gostar muito e a torcer para que a Annalise Keating se safe de todas as borradas em que se mete. Vou começar a ver a quarta temporada, quando sairem todos os episódios.

Modern Family

Vi parte da 8ª temporada e os primeiros episódios da 9ª temporada. Diverte-me sempre. 

The Big Bang Theory

Vi metade da 10ª temporada e alguns episódios da 11ª temporada. Continuo a gostar muito e continua a dar-me aquela leveza e boa disposição quando preciso.

Younger

Uma comédia romântica que tem uma editora de livros como cenário principal. É daquelas séries leves, de vinte minutos, que se vê muito bem. Cheia de referências literárias como nós gostamos. Vi a 3ª e a 4ª temporadas completas. 

 

SÉRIES QUE TERMINARAM EM 2017

Girls

Sexta e última temporada. Acompanhei todo o crescimento da Hanna, da Marnie, da Jessa, da Shoshana, do Adam, etc. Nem sempre achei os episódios bons, mas outros foram geniais. Fiquei fã da Lena Dunham que criou, escreveu, interpretou e produziu a série. A última temporada está muito boa, cheia de mensagens de vida, aprendizagens, notamos mesmo a evolução das personagens que eram miúdas e passaram a mulheres. Com muitas cenas "à Lena Dunham" pelo meio, hilariantes e tão reais, valeu muito a pena acompanhar esta série. 

Pretty Little Liars 

Comecei a ver quando tinha 23, na altura gostei, mas os meus gostos foram mudando e comecei a perder a paciência para a série, que não desenvolvia e tinha uma linguagem sempre muito adolescente. Mas não consegui deixar de ver até descobrir quem era a "A". Gostei da sétima - e última - temporada. Fechei esta história. 

 

SÉRIES QUE FUI VENDO, MAS NÃO COMPLETEI TODAS AS TEMPORADAS

Suits

Vi alguns episódios da terceira temporada. Estava tão chatinha que parei de ver e nunca mais tive vontade. Mas quero ver se lhe pego outra vez.

House

Quando dava na televisão eu ia vendo os episódios que ia apanhando. Decidi que queria ver a série toda de uma ponta a outra. Vi as duas primeiras temporadas. É para continuar em 2018.

 

SÉRIES QUE VI APENAS O EPISÓDIO-PILOTO

Narcos

É a série preferida de muita gente. E acredito que seja muito boa. Mas depois de ver o primeiro episódio não tive aquela vontade de continuar. Quero tentar retomar. 

Zelda: The beginning of everything

Série sobre a vida de Zelda Fitzgerald, mulher do escritor F. Scott Fitzgerald, também ela escritora e louca, como foi muitas vezes caracterizada. Gosto muito da Christina Ricci, mas achei a série fraquinha. 

Friends from College

Série de comédia sobre um grupo de amigos de faculdade, já em fase adulta. Uma amiga disse-me que gostou, que lhe lembrava How I Met Your Mother e convenceu-me. Naaaada a ver. A série é fraquíssima. Piadas básicas, enredo básico. Não passei do primeiro nem quero continuar. 

 

CONCLUSÃO

18 séries 

239 episódios

Melhores do (meu) ano: The Handmaid's Tale / Game of Thrones /

House / Orange is the new black 

19
Jul17

Pensamentos sobre o 1º episódio de Game of Thrones (season 7)

Spoiler Alert,

se ainda não viram o episódio fechem esta página e voltem mais tarde! 

 

- Que saudades de Westeros! 

- Granda Aria, mega boss, girl power máximo!!! 

- Sim, já sabíamos que era ela "dentro" do Walder Frey, mas ainda assim foi uma cena brutal!

- "The North remembers" - ARREPIOS (beijinho grande, queridos Ned e Robb) 

- A Sansa continua irritante. Ainda vai fazer merda. 

- Jon Snow firme no discurso, valores e decisões. Like!

- Esta pita "tem-nos" no sítio (Lyanna Mormont)

- Sam: que trabalho de merda. Coitado. Nojo. 

- Claro que ninguém vai reparar que roubaste as chaves. 

- Claro que os livros que vais levar ao calhas vão ser os que têm a informação que precisas. 

- Claro que mal abres o primeiro livro descobre logo um facto mega importante (e claro que essa informação não vai chegar ao Jon Snow). 

- A troca de olhares do Tormund com a Brienne... POR FAVOR CASEM E TENHAM BEBÉS!

- Ah ya, o Bran ainda existe... 

- A sério que puseram aqui o Ed Sheeran? Retiraram completamente a "magia" da série ser um mundo à parte. A cena não teve qualquer tipo de sentido nem peso para a continuação da história. Achei a pior parte do episódio, completamente desnecessário e um pouco patético até. 

- Então a Cersei que vivia para os filhos, eram o amor da vida dela, as únicas pessoas que amava no mundo...agora que morreram é "pronto, estão todos mortos, whatever, siga pra bingo" ?!?!?!?!

- Jaime Lannister podia vir jantar cá a casa!

- Dizem que Euron Greyjoy vai ser o grande vilão desta temporada. Até agora só o acho arrogante e com sentido de humor apurado. 

- Cadê Theon e a irmã? 

- Ahhh é aqui que está Sor Jorah Mormont. Nada bom aspecto aquele bracinho. 

- Toda a cena do Clegane a olhar para o fogo... Ok, tá bem, tem algum significado, mas não achei nada de especial. A cena dele a enterrar os corpos também era dispensável e aquele discurso mega cliché... (revirada de olhos). 

- A Daenerys e companhia a chegar a Dragonstone num mood muito épico ao estilo "descobertas do séc XV". Há todo um momento de "respira fundo que finalmente chegaste ao primeiro passo da nova vida.

- Uiii que canseira aquela escadaria toda. 

- O trono, não de ferro como o outro, mas de vidro de dragão. Like!

- O Tyrion muito apagadinho neste episódio... 

 

E pronto. O Inverno finalmente chegou e eu, pessoa de Verão, tremo só de ver aquelas paisagens geladas. Este episódio foi importante para fazer um ponto de situação de todas as personagens. Mas são só sete episódios porquê? Mais de um ano à espera para depois só a termos durante um mês e meio... Tenho pena que personagens como a Margaery, por exemplo, tenham ido desta para melhor. Vamos aguentar o coração, rezar para que nenhum Stark morra esta temporada e tentar perceber porque é que o cartaz da série traz o Jon com olhos de white walker... NÃO ME ENERVEM!

FullSizeRender (33).jpg

 

Podem ainda ver aqui 8 curiosidades sobre este episódio, importantes para a história, que vos podem ter passado despercebidas. 

05
Fev17

Vi o primeiro episódio de The Crown...

E achei meh. Normalzinho. Não me prendeu. Tenho a política de ver sempre os primeiros dois ou três episódios de uma série antes de decidir se quero continuar a vê-la ou não. A verdade é que há séries que não prendem logo no episódio piloto e depois ficam brutais. Lembro-me da primeira temporada de True Detective que, em dez episódios, só gostei dos últimos seis. Estava a achar a maior seca do mundo, disseram-me para ver até ao quarto episódio, que melhorava a partir dali e "vais ver que vais amar". Efectivamente melhorou a partir dali e depois não descansei enquanto não vi tudo até saber o final. No The Crown irritou-me um bocadinho esta romantização da Elizabeth quando sabemos que na vida real ela não é bem assim. Não sou fã dela, nem da família real britânica no geral. O John Lithgow está muito bem como Winston Churchill. Foi o que mais gostei neste episódio. Vou ver mais um ou dois.