Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAY HELLO TO MY BOOKS

SAY HELLO TO MY BOOKS

16.11.18

Uma novidade literária muito especial

Sandra
  Estive, ontem, na livraria Almedina, no Rato (na Rua da Escola Politécnica, onde era a antiga Fábrica da Vulcano. Abriu há um ano e mantiveram alguma da decoração que conta a história daquele espaço. Está bem giro e aquele jardim que me aguarde numa tarde qualquer de sol), na apresentação do livro "Regras para descolagem". Podia ser mais um lançamento normal mas, na verdade, não é. É especial. Porque é o primeiro livro da Carolina, que também anda por estas bandas no blog (...)
14.11.18

Instante, Wislawa Szymborska

Sandra
  Sou picuinhas com a poesia que escolho para ler. Não leio muita, na verdade, mas a que leio sei, à partida, que vou gostar. É daquelas coisas que se sentem. Mas não pensem que o acaso tem mão nisto. Pesquiso e sigo dicas de pessoas cujos gostos literários confio. Aconteceu, por exemplo, com "Vinte poemas de amor", de Pablo Neruda, que roubeidas estantes dos meus pais, assim como os Sonetos de Amor da Florbela Espanca - dois livros que não voltaram à origem e tomaram lugar (...)
25.06.18

TAG DOS 50% (2018)

Sandra
Há muito que não fazia uma tag por estas bandas. A Cláudia marcou-me nesta e ainda bem, porque a vejo em blogs e canais há anos e nunca tinha feito. Diz respeito às leituras do primeiro semestre do ano. Quero dar, cada vez mais, primazia à qualidade, por isso não leio 37 livros por mês, mas escolho a dedo todos os que leio e daí têm saído leituras muito boas. Demoro-me com cada história e (...)
22.06.18

Sexta-feira

Sandra
Quando pintamos as unhas de uma cor de verão, finalmente, porque o dia acordou quente, com os passarinhos a cantar fora da janela e o fim-de-semana já ali ao fundo, no horizonte. Traz Santos Populares e Rock in Rio. Que ansiedade. Faço um pequeno-almoço reforçado, dos bons, porque este clima abre o apetite. Acho que vou comprar flores. Saío de casa, fresca, passa uma das minhas músicas preferidas na rádio que me lembra as férias no Algarve. Janela aberta, a cantar, vou trabalhar (...)